TiACSgPn
fH8E3MNl
YmdR6zbf
ylGpEbTv
VJn1tMjN
wZy7qiLx
HrRSATac
Aníbal Costa
UmqXoNj0
Patrícia Pires
9Rw8DJxv
Mário Lopes
TZc6t4rd
Alberto Dusi
kMm8PG2U
Kit Miyamoto
GOgCsXPJ
Maria Gabriella Castellano
WofVyJGO
Luís Guerreiro
TiACSgPn
2º Seminário de Verão da SPES

Os Seminários de Verão da SPES são uma iniciativa conjunta da Sociedade Portuguesa de Engenharia Sísmica (SPES), do Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC) e da empresa PRETENSA, visando a divulgação de temas na área da Engenharia Sísmica.

Este evento conta com o apoio da Ordem dos Engenheiros 

 

 

Neste 2º Seminário serão abordados dois temas de elevada importância para a resiliência da sociedade na eventualidade de um sismo: Como a sociedade pode se preparar para responder a eventos sísmicos e o que pode ser feito para protegermos as diversas redes de infraestruturas  (estradas, rede eléctrica, etc..) na eventualidade de um sismo

O primeiro dia será dedicado a preparação da resposta pós-sismo e ações concretas a serem tomadas no caso da ocorrência de eventos sísmicos. Iremos ter a oportunidade de conhecer de que  forma podem  as sociedades estar preparadas e ações práticas que podem ser tomadas antes da ocorrência de sismos, bem como o que fazer no imediatamente pós-sismo.   Durante este dia também irá ser abordado o caso italiano, um dos países mais bem preparados a nível   mundial na resposta pós-sismo. No caso português iremos ter a oportunidade de perceber que ações no âmbito da Proteção Civil Portuguesa serão tomadas, bem como compreender o que foi feito no caso do sismo dos Açores de 1998.

O segundo dia será dedicado a compreensão de que forma podemos garantir a resiliência das redes que permitem a nossa sociedade funcionar. Uma atenção particular irá ser dada a proteção sísmica das redes elétricas e de pontes e viadutos.

 

fH8E3MNl
Inscrições

O valor da inscrição é 25,00€ e contempla a participação em ambos os dias do seminário, bem como o cofee-break servido no intervalo das sessões e a documentação referente ao evento.

A inscrição será validada após o recebimento do valor que deverá ser transferido para a conta bancária da SPES (PT050 001800000392158800112). Serão emitidos certificados de particição a todos os participantes.

A inscrição pode ser feita online, através do link https://goo.gl/forms/5WCP3vUFHn65q3YJ2

YmdR6zbf
Entidade Promotoras

A Sociedade Portuguesa de Engenharia Sísmica, SPES, foi criada em 1973 com o apoio do Laboratório Nacional de Engenharia Civil, LNEC, e do Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica, na continuidade do Grupo Português de Engenharia Sísmica que já cumpria, embora informalmente, os objectivos estatutários da SPES que a seguir se referem.  

A SPES, é uma associação de carácter cultural e científico de pessoas individuais e colectivas, com os seguintes objectivos:

 a) Fomentar, em Portugal, o desenvolvimento da Engenharia Sísmica, Sismologia e Prevenção e Defesa contra os Sismos, promovendo a divulgação da informação, o intercâmbio científico e técnico entre os seus associados e a organização de reuniões, colóquios e conferências ou outras iniciativas de carácter análogo. 

 b) Assegurar a representação Portuguesa nas Associações Europeia e Internacional de Engenharia Sísmica (EAEE e IAEE).

 

LNEC – O Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC) é um instituto público de ciência ete tecnologia (C&T), com o estatuto de Laboratório do Estado, que desenvolve investigação em todos os domínios da Engenharia Civil, o que lhe Confere uma perspectiva única e multidisciplinar.

No Seu campo, o LNEC constitui um património nacional que tem orientado a sua atuação para valores direccionados para o serviço público, incorporados numa cultura que faz apelo a elevados padrões de ética, isenção e idoneidade. O investimento contínuo na inovação, na melhoria e na difusão do Conhecimento tem permitido responder adequadamente à constante evolução da Ciência e Tecnologia

Criado em 1946 com uma vocação internacional, a sua reputação desde logo ultrapassou fronteiras eo LNEC tem desenvolvido a sua atividade em todos os continentes continuando, como há mais de seis décadas a prestigiar o nome de Portugal

 

 

Pretensa – É uma empresa com especial enfase na proteção sísmica e uma filosofia baseada na capacidade de oferecer soluções globais. A Pretensa alavanca o seu know-how a parcerias estratégicas com fornecedores de topo a nível mundial sendo capaz de apresentar todo o tipo de soluções no reforço e proteção sísmica para todo o tipo de estruturas. Através de parceiros como a FIP-Industriale empresa de referência a nível mundial com soluções de isolamento e proteção sísmica por todo o mundo, ou como a CINTEC empresa com um historial único na proteção e reforço de edifícios históricos emblemáticos a  nível mundial. Somos também representantes da TecnoK Giunti uma empresa inovadora em soluções de juntas sísmicas para edifícios dotados de Isolamento Sísmico de Base

ylGpEbTv
26 de Outubro 2017 - Prevenção e Intervenção Pós sismo

SEMINÁRIOS DE VERÃO DA SPES
2º Seminário - Resposta Pós-sismo e Proteção de Infra-estruturas
Entidades Organizadoras
SPES, LNEC e PRETENSA
Local – LNEC
Auditório Principal

MANHÃ


8.00 H – 8.45 Inscrições

8.45 H – 9.00 - Sessão de Abertura

9:00 – 10:45 – Ações a desenvolver antes e após um Sismo*

                                  Kit Miyamoto - Miyamoto International, USA

10:45 – 11:00 Coffee Break

11:00 -12:45 – Ações a desenvolver após um sismo - A experiência Italiana*

                                 Alberto Dusi - Numéria Engineering , Itália

Almoço

14:00 -  16:00 - Actividades da protecção civil nas componentes de preparação e resposta a eventos sísmicos.

                                Patricia Pires – Proteção Civil

16:00 – 16:15 - Coffe Break

16:15 – 18:15 – Ações a desenvolver  após um Sismo

                                O caso do Sismo dos Açores de 1998 - Anibal Costa – SPES - UA

 

*Sessões em Inglês

VJn1tMjN
27 de Outubro 2017 - Vulnerabilidade Sísmica de Infra-estruturas

SEMINÁRIOS DE VERÃO DA SPES
2º Seminário - Edifícios Antigos e Isolamento de Base
Entidades Organizadoras
SPES, LNEC e PRETENSA
Local – LNEC
Auditório Principal

MANHÃ

9:00 – 10:45 – Vulnerabilidade Sísmica da rede de infra-estruturas

                           Luís Guerreiro –  SPES – IST 

10:45 – 11:00 – Coffee Break

11:00 – 12:45 – Vulnerabilidade Sísmica das redes eléctricas  

                            Mário Lopes – SPES – IST 

Lunch

14:00 – 16:00 – Proteção Sísmica de Pontes*

                             Gabriella Castellano – FIP Industriale, Itália

16:00 – 16:15 – Coffee Break

16:15 – 18:15 – Proteção Sísmica de Sub-estações Eléctricas*

                             Alberto Dusi – Numeria Engineering, Itália

                             Gabriella Castellano – FIP Industriale, Itália

18:15– 18:30 – Sessão de Encerramento

 

*Sessões em Inglês

wZy7qiLx
Contactos

Sociedade Portuguesa de Engenharia Sísmica

Alexandra Carvalho - Secretária SPES - +351.218443291 -  spes@lnec.pt

 

Inscrições e outras questões

Paulo Pimenta - +351918918036 - p.pimenta@pretensa.com.pt

HrRSATac
Aníbal Costa

Professor Catedrático da Universidade de Aveiro.
Licenciado em Engenharia Civil pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP); Doutor e Agregado em Engenharia Civil pela FEUP. 
Presidente da Sociedade Portuguesa de Engenharia Sísmica (SPES).
Membro dos Corpos Sociais do ICOMOS de Portugal.
Membro da Direção do CICOP-Net de Portugal.
Membro da Comissão de Infraestruturas da Diocese do Porto.

Especialista em Estruturas e Membro Conselheiro da Ordem dos Engenheiros.
Editor de 14 livros e revistas com publicação nacional e internacional, autor de 67 capítulos de livros nacionais e internacionais, 83 artigos em revistas internacionais, 41 em revistas nacionais e mais de 500 artigos em conferências nacionais e internacionais. É orientador de inúmeras teses de Doutoramento e Mestrado.
Em parceria com a Direção Regional da Cultura – Norte acompanhou as intervenções de reabilitação e reforço estrutural de vários monumentos que integram o património nacional. Tem trabalhado em vários projetos de colaboração com o tecido industrial procurando desenvolver técnicas de reparação e reforço de estruturas existentes, tendo essa colaboração originado mais de 500 relatórios técnicos. Esteve ligado a centenas de projetos de Reabilitação.

UmqXoNj0
Patrícia Pires


Chefe da Divisão de Riscos e Ordenamento da Autoridade Nacional de Protecção Civil
Mestre em Ciência e Sistemas de Informação Geográfica pelo ISEGI/UNL e Licenciada em Engenharia do Ambiente pela FCT/UNL.
Ponto Focal Nacional Suplente para o Quadro de Sendai 
Coordenadora do Grupo de Trabalho 2 da Sub-Comissão da Plataforma Nacional para a Redução do Risco de Catástrofes, no âmbito da avaliação de danos pós-sismo.

Coordenou tecnicamente o Estudo do Risco Sísmico e de Tsunami do Algarve, finalizado em 2009 e o Estudo para Caracterização do Risco Sísmico e de Tsunami, finalizado em 2015. Acompanha as actividades decorrentes da Estratégia Internacional para a Redução do Risco de Catástrofes, com participação em diversos fora e grupos de trabalho internacionais. 
Autora de diversos artigos em revistas nacionais e internacionais e orientadora de teses de mestrado e pós-graduações no âmbito da avaliação e risco e segurança
 

9Rw8DJxv
Mário Lopes

 

Professor Auxiliar no IST - Universidade de Lisboa

Licenciatura em Engenharia Civil (ramo de Estruturas) com 16 valores (I.S.T. 1982)

Curso de Mestrado em Engenharia de Estruturas – média da parte escolar: 17 valores (I.S.T. 1985). Classificação final após discussão da tese: Muito Bom (I.S.T. 1987)

Doutoramento em Engenharia Sísmica pelo Imperial College of Science, Technology and Medicine (Londres, 1991)

Prémio Edgar Cardoso de 1982 (melhor classificação na licenciatura nas disciplinas da área de “Pontes e Estruturas Especiais”)

Durante o ano de 1981 foi tarefeiro de Secção de Hidráulica do Laboratório Nacional de Engenharia Civil. No ano lectivo de 1981/82 foi monitor da Secção de Mecânica Aplicada do Departamento de Engenharia Civil do Instituto Superior Técnico e investigador do Centro de Mêcanica e Engenharia Estruturais da Universidade Técnica de Lisboa (CMEST). De Maio até ao final de 1983 foi funcionário da 7ª Repartição da Direcção dos Serviços de Urbanização da Câmara Municipal de Lisboa. De então até Setembro de 1987 foi assistente estagiário da Secção de Mecânica Aplicada do Departamento de Engenharia Civil do I.S.T. e investigador do CMEST. De Outubro de 1987 a Outubro de 1991, foi bolseiro em Londres onde realizou a tese de doutoramento e deu aulas ao curso de mestrado em Engenharia Sísmica do Imperial College.

Exerce as funções de Professor Auxiliar do Instituto Superior Técnico desde a obtenção da equivalência do doutoramento, em Dezembro de 1991. Leccionou disciplinas do curso de engª de Aerodromos na Academia da Força Aérea. De 1982 a 1986 exerceu a actividade de Engenheiro Projectista no gabinete de projectos de estruturas, Gapres. De 1995 a 2000 exerceu a actividade de Engenheiro Projectista no gabinete de consultoria, COBA. Realizou diversos projectos de estruturas em regime de profissão liberal. Nestas actividades participou em numerosos projectos de edifícios e obras-de-arte (pontes, túneis e viadutos). Foi vogal da Direcção da Sociedade Portuguesa de Engenharia Sísmica (SPES) de 1996 a 2013. foi membro da Direcção da ADFERSIT (Associação para o Desenvolvimento de Sistemas Integrados de Transportes ) de 2008 a 2016.

É autor de numerosos artigos nas áreas da engenharia sísmica e de planeamento de transportes. Efectuou os estudos de caracterização da vulnerabilidade sísmica das redes eléctricas das regiões de Lisboa (2003) e do Algarve (2007), para a ANPC e o estudo “Recomendações para a redução da vulnerabilidade sísmica da rede eléctrica” realizado para a EDP (2006)

TZc6t4rd
Alberto Dusi

 

Engenheiro Estrutural formado em 1988 pela universidade de Pavia Itália
Principais áreas de especialidade, Engenharia Sísmica, Projetos Sísmicos e Retrofit de estruturas,  Controle Estrutural (Isolamento Sísmico, Dissipação de Energia, etc..), Gestão de Risco Sísmico e planeamento de Emergência

Após a conclusão da Licenciatura trabalhou como investigador no campo da proteção sísmica de estruturas  e componentes para a ENEL, a empresa italiana produtora e distribuidora de eletricidade. Em 2004, funda “Numéria” uma empresa de consultoria de engenharia. Participou em diversos projetos financiados pela União Europeia e foi consultor da Comissão Europeia como especialista em engenharia sísmica. Ao longo da sua carreira profissional frequentemente têm estado envolvido como perito em diversas zonas do globo e em diversos projetos

Foi um dos membros fundadores da “ASSISi”- Sociedade Internacional  de Sistemas Antissísmicos e possui mais de 20 anos de experiência no desenvolvimento de estruturas com isolamento sísmico de base

É autor de mais de 50 artigos científicos e foi professor convidado em diversos cursos em Universidades Italianas e Europeias
Atualmente é responsável por diversos cursos no campo da Engenharia Sísmica e Isolamento de base na Universidade de Pádova

kMm8PG2U
Kit Miyamoto


CEO, Miyamoto International
Presidente, Miyamoto Global Disaster Relief
Comissário Sísmico da Califórnia
Formado pelo Instituto Tecnologia de Tóquio e pela Universidade Estadual da Califórnia (Distinguished Alumni)

Dr. H. Kit Miyamoto lidera a Miyamoto International, uma empresa de engenharia Sísmica internacional e a Myiamoto Global Disaster Relief, uma NGO técnica e também é um comissário Sísmico da Califórnia. Dr. Miyamoto foi galardoado com diversos prémios entre os quais destacam-se o prémio de Excelência em Engenharia Estrutural do Concelho Nacional de Engenheiros de Estruturas Americano,  três vezes galardoado com o Prémio de Melhor Projeto Global da ENR e o prémio Humanitário da ASCE (Sociedade Americana de Engenheiros Civis). É reconhecido como Fellow (Especialista) da Sociedade Americana de Engenheiros Civis (ASCE). Especializado em engenharia sísmica de alta performance, mitigação de riscos, resposta e reconstrução pós sismo e recentemente foi galardoado com o Prémio “E” em 2016 pelo presidente americano pela contribuição da sua empresa na divulgação a nível internacional do conhecimento técnico.


Dr. Miyamoto é um perito consulto do Banco Mundial com projetos a nível global, entre os quais um projeto para mitigação do risco sísmico de 2.000 escolas em Istambul. Durante o sismo de 2010 no Haiti, ele trabalhou com o governo do Haiti, USAID e diversas NGO na condução de uma avaliação de danos em mais de 430.000 edifícios e estruturas afetados pelo sismo e na reconstrução de mais de 12.000 edifícios. Actualmente está envolvido na reconstrução pós sismo do Nepal e Equador e a sua empresa desenvolve uma importante formação para o USAID/OFDA na América Latina sobre Preparação para Sismos bem como um programa técnico específico.


Dr. Miyamoto obteve a sua formação académica pelo Instituto de Tecnologia de Tóquio e pela Universidade Estadual da Califórnia, onde recebeu o título honorário de “Distinguished Alumni”. Dr. Miyamoto publicou mais de 100 artigos técnicos. Tem sido convidado por diversos meios de comunicação entre os quais CNN, NBC, ABC, CBS, PBS, o Discovery Channel, o New York Times e a revista Rolling Stone.

GOgCsXPJ
Maria Gabriella Castellano

 

Licenciatura em Engenharia Civil pela Universidade de Ancona, Itália 1991
Douroramento em Engenharia Estrutural pela Universidade de Florença, Itália1996 com uma tese sobre Modelos Não Lineares para Isoladores Elastoméricos

Funcionária da FIP Industriale desde 1996 no departamento de investigação e Desenvolvimento. Atualmente coordena todos os programas de pesquisa e desenvolvimento a nível interno e de cooperação. Principais áreas de qualificação: controle estrutural através de isolamento sísmico e dissipação de energia passivamente de estruturas novas e existente, desenvolvimento de dispositivos antissísmicos e coordenação de programas de pesquisa.
Desde 1996 esteve envolvida em projetos de pesquisa em cooperação com outras organizações e co-financiados pela Comissão Europeia, com o objectivo de desenvolver dispositivos sísmicos inovadores para diversos tipos de estruturas, desde naves industriais, complexos petroquímicos, centrais nucleares a  edifícios monumentais. Entre estes projectos por exemplo estão o SILER, INDEPTH, REEDS, ISTECH, etc.
Autora ou co-autora de mais de 70 publicações científicas com especial focus na resposta estrutural dinâmica e técnicas de proteção sísmica inovadoras tais como Isolamento de base e dissipação passiva de energia.
Participou em dois Grupos de Trabalho do CEN (Comité Europeu para a Normalização) –Comité Técnico nº 340, responsável pelo desenvolvimento das Normas Europeias sobre Dispositivos Anti-Sísmicos (EN15129). Também faz parte da direção do Grupo Italiano de Isolamento de Base (GLIS – Gruppo di Lavoro Isolamento Sismico) e da secção italiana do ASSISi (Sociedade Internacional de Sistemas Anti-Sísmicos)

 

WofVyJGO
Luís Guerreiro

Professor Associado do Instituto Superior Técnico.
Licenciado em Engenharia Civil pelo Instituto Superior Técnico (IST), em 1983; Doutor em Engenharia Civil pela Universidade Técnica de Lisboa, em 1997. 
Membro da Direcção da Sociedade Portuguesa de Engenharia Sísmica (SPES).
Membro da Ordem do Engenheiros, Especialista em Estruturas.

Autor de diversas publicações e orientador de dissertações na área da protecção sísmica de estruturas, com enfase na aplicação de sistemas de isolamento de base.
Como consultor, orientou o projecto de isolamento de base dos dois únicos edifícios existentes em Portugal com este tipo de protecção sísmica: O Hospital da Luz, em Lisboa, e um bloco do Laboratório Regional de Investigação Veterinária, na Terceira, Açores.
Tem participado em diversos projectos de protecção sísmica de pontes e viadutos, com recurso a dissipadores de energia.
A sua área de intervenção também inclui a participação em projectos de reforço de estruturas antigas em alvenaria.

 Voltar ao início
Comunicações do Evento